Desnecessário, totalmente desnecessário descompensar ainda mais o País!

Nesta segunda feira, 09 de maio de 2016, o presidente em exercício  – e em exercício há 2 dias – Waldir Maranhão (PP-MA), determinou a anulação do processo de admissibilidade do Impeachment da presidente Dilma Rousseff , que obteve 367 votos dos deputados no último dia 17 de abril e  encaminhado ao Senado Federal  que já está com a votação do “impedimento”  programada nesta quarta-feira 11 de maio. O pânico é geral, pasmo geral. É um caminho péssimo para nosso País, que vive há dias instabilidade social, política e econômica. Vexame pela falta de consciência, de maturidade e seriedade.download (2)

Sobre Silvana Scorsin

Silvana Scórsin nasceu em 13/07/68, em Ponta Grossa- Paraná. Veio para Brasília em 1984 com um sonho: tornar-se uma grande executiva. Entrou na faculdade de Turismo aos 20 anos em 1992, depois fez pós em Gestão de Controle Empresarial, retornou a Faculdade para forma-se em Administração e partiu para a Argentina atrás do tão sonhado Mestrado de Gestão de Avaliação de Impacto Ambiental. Atuou com Chefe do Serviço de Turismo Receptivo da Secretaria de Turismo do DF, Ministrou Disciplina Teoria Geral de Administração para a Universidade de Desenvolvimento do Centro Oeste – UNIDESC. Atualmente é escritora, autora do Livro "Meios Impressos versus Meios Eletrônicos, um enfoque sobre os impactos ambientais neste setor" palestrante e jornalista do site Radar Digital Brasilia e jornalista responsável pelo Jornal Eletrônico CAPITAL EM FOCO. Coordenou uma equipe para a confecção de cadernos e um hotsite na Cobertura da RIO+ 20, para um grande grupo de Comunicação da Amazônia, onde atuou 31 anos na administração da Sucursal em Brasília, produzindo e apresentando o Programa “Conexão Brasília” com 26 vídeos que foram ao ar no portal do Grupo ORM. Credenciada nos Tribunais Regionais como Perita Ambiental. Site: www.radardigital.com.br Twuitew @sscorsin Instagran: sscorsin
Esta entrada foi publicada em Política e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Desnecessário, totalmente desnecessário descompensar ainda mais o País!

  1. g disse:

    Pretty! This has been an incredibly wonderful post.
    Thank you for providing this information.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *