Os animais tem consciência?

 


5E50D0F8-9AD8-43C0-A960-B68B19F55A40 6C0FE10D-3209-413A-8502-50F98796A626

Estudos, pesquisas e muita investigação fazem parte do cotidiano de quem busca o entendimento das reações comportamentais de outras espécies além dos seres humanos.Essa busca tem como objetivo provar o nível de consciência dos animais.
Muitos acreditam e já consideram fato a consciência dos animais e portanto, sabem que, qualquer forma de maus tratos ou abate para consumo alimentar dos seres humanos, trás dor, sofrimento, agonia a todos eles. A história de consumo dos animais é milenar, pois não tem como negar uma humanidade praticamente carnívora. Mas, a parte deste costume, existem as culturas ,  principalmente as religiosas , que com ou sem o consumo de carne pregam suas explicações de crenças para o abate ou para o jejum.

Jejum de carne de alguma espécie ou sacrifício de outras para obter êxitos de promessas e fé, sejam qual for, em algum momento houve manifestacao da preocupação com a dor do animal. Exemplo: o famoso cordeiro imolado!

Na própria espécie, é comum ver o ataque de um tigre diretamente na jugular da sua presa! E aí? São ou não são conscientes? Temos aprendido muito com pets. Com a disseminação das redes sociais, não é raro encontrar vídeos curiosíssimos de pets dando show de mega inteligência e consciência!
Bem, avaliando por esta perspectiva, esse assunto acima, esse mês no Brasil, torna-se mais polêmico e sensível! A Suprema Corte, decide unanimemente ,após um recurso do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, que animais podem ser sacrificados em rituais religiosos.
Primeiro, sem muito esclarecimento, a decisão teve repercussão pejorativa e preconceituosa, ligando diretamente as religiões de matriz africana e viralizando a possibilidade de um entendimento errôneo de sacrilégios de magia negra e outras seitas não bem aceitas hoje pela sociedade.
Segundo, ativa-se a polêmica dos defensores incondicionais dos animais, e mistura-se a eles os amantes de pets que não dissociam quais animais poderão ser sacrificados. Para Susana Coelho, Diretora -Geral da Associação Protetora dos Animais do DF, PROANIMA, em entrevista ao programa “Carona da Alegria” na Radio Comuinidade DF 98.1, de produção da ASSOCIAÇÃO DOS ABULANTES DO DF AVATRANS e jornal CAPITAL EM FOCO, disse que superado totalmente a etapa de que os animais são sim, conscientes, a decisão do STF abre uma discussão, e  para não tolir o direito de nenhuma religião, mas cumprir um papel protetor e defendor da sociedade para com os animais, Susana acredita que evoluímos muito em todas as áreas de nossa humanidade, e assim também podem seguir as religiões, mudando suas oferendas em prol da consciência de nova perpecitiva de que eles sofrem. Além disso, tem crescido, em ritimo lento, mas com força, o movimento vegano. É uma tendência, o processo é gradual e precisa ter muito apelo pelo bem estar físico e do meio ambiente. É a evolução! Susana, aproveita e expõe a exportação de gado vivo! Mesmo não sendo doutor em sofrimento animal, a questão é de uma imperícia, de uma ganância fora de limites! São milhares de bois, confinados em navios, por 15 dias ou até mais.

Bem, o lado que estaremos deveria ser o da consciência ambiental, da evolução como espécie e como seres humanos mais dignos e inteligentes! Só acho!

Sobre Silvana Scorsin

Silvana Scórsin nasceu em 13/07/68, em Ponta Grossa- Paraná. Veio para Brasília em 1984 com um sonho: tornar-se uma grande executiva. Entrou na faculdade de Turismo aos 20 anos em 1992, depois fez pós em Gestão de Controle Empresarial, retornou a Faculdade para forma-se em Administração e partiu para a Argentina atrás do tão sonhado Mestrado de Gestão de Avaliação de Impacto Ambiental. Atuou com Chefe do Serviço de Turismo Receptivo da Secretaria de Turismo do DF, Ministrou Disciplina Teoria Geral de Administração para a Universidade de Desenvolvimento do Centro Oeste – UNIDESC. Atualmente é escritora, autora do Livro "Meios Impressos versus Meios Eletrônicos, um enfoque sobre os impactos ambientais neste setor" palestrante e jornalista do site Radar Digital Brasilia e jornalista responsável pelo Jornal Eletrônico CAPITAL EM FOCO. Coordenou uma equipe para a confecção de cadernos e um hotsite na Cobertura da RIO+ 20, para um grande grupo de Comunicação da Amazônia, onde atuou 31 anos na administração da Sucursal em Brasília, produzindo e apresentando o Programa “Conexão Brasília” com 26 vídeos que foram ao ar no portal do Grupo ORM. Credenciada nos Tribunais Regionais como Perita Ambiental. Site: www.radardigital.com.br Twuitew @sscorsin Instagran: sscorsin
Esta entrada foi publicada em Política e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *